May 30th, 2007

rosas

para a lili_one

Como a Lili faz hoje anos aqui lhe deixo um dos poemas de aniversário clássicos, da autoria de João de Deus, o autor da cartilha Maternal onde muitos de nós (mas não a Lili que, a fazer fé no poema, ainda vai nos vinte e seis…) aprendemos que B+A=BA (e que tinha um textozinho que começava assim: «-Ó Pedro, que é do livro de capa verde, que te deu o Avô? – Já o dei ao Jorge a guardar.»)
Como não quis alterar o poema, e apesar de hoje não ser quinta-feira, nem a Lili ser um tolo!, aí fica com um beijinho de parabéns.

DIA DE ANOS

Com que então caiu na asneira
de fazer na quinta-feira
vinte e seis anos! Que tolo!
Ainda se os desfizesse...
Mas fazê-los não parece
de quem tem muito miolo!
Não sei quem foi que me disse
que fez a mesma tolice,
aqui o ano passado...
Agora, o que vem, aposto,
como lhe tomou o gosto,
que faz o mesmo. Coitado!
Não faça tal; porque os anos
que nos trazem? Desenganos
que fazem a gente velho;
faça outra coisa; que, em suma,
não fazer coisa nenhuma,
também lhe não aconselho.
Mas anos, não caia nessa!
Olhe que a gente começa
às vezes por brincadeira,
mas depois, se se habitua,
já não tem vontade sua,
e fá-los, queira ou não queira!