?

Log in

No account? Create an account

vitorino
rosas
innersmile
Mais um concerto de Vitorino, este integrado no tour ‘Tudo! Alentejo, Amor, Lisboa’, com que o cantor assinala 30 anos de carreira. A impressão de que este concerto foi muito parecido com o que vi há pouco mais de um ano, mas é sempre feliz o reencontro com um dos mais carismáticos artistas portugueses. E as canções são muito bonitas, os arranjos são simples mas interessantes, e a presença em palco do Vitorino é sempre entusiasmada. E no concerto de hoje ele estava particularmente bem disposto (cortesia do Bairrada, talvez, que ainda patrocinou uma branca na Canção de Embalar, do José Afonso).
A voz portentosa e belíssima do Vitorino começa a acusar a passagem do tempo, ficando por vezes um bocadinho baça, em vez do vibrato tão lindo que ele tem e que cabe tão bem para ele cantar com o tom da canção de Coimbra. Mas como o Vitorino tem muita personalidade e muito savoir faire, nem se nota esse desgaste.
Tags: