?

Log in

No account? Create an account

(no subject)
rosas
innersmile
FADO IMPERFEITO

se o teu corpo me florisse
e o meu corpo desejasse
o meu corpo se ferisse
quando corpo eu voasse

se o teu corpo debruçasse
e do corpo a pele me lesse
o meu corpo abandonasse
quando corpo adormecesse

se o teu corpo não saísse
do meu corpo que voltasse
e o meu corpo se abrisse
quando corpo se tornasse

se o teu corpo se acendesse
e ao meu corpo regressasse
teu corpo resplandecesse
meu corpo rejubilasse
Tags:

(no subject)
rosas
innersmile
Cheguei à notícia através de um post da minha amiga Cronopio.
A astronauta da NASA Lisa Nowak foi presa na Florida depois de tentar atacar com gás pimenta uma colega astronauta (a primeira acusação foi de tentativa de rapto, agora subiu para tentativa de homicídio) num parque de estacionamento. O motivo foi uma crise de ciúmes, por causa de um outro astronauta, com quem Lisa tem uma relação, segundo as suas próprias palavras, que é mais do que uma relação de trabalho mas menos do que uma relação romântica.
Lisa Nowak é engenheira aeronáutica, integrou uma missão do space shuttle Discovery o ano passado, tem três filhos (separou-se recentemente). Viajou de Houston para a Florida (1500 quilómetros para aí) para confrontar a rival. No seu carro a polícia encontrou armas (além do spray, uma faca e um martelo, ambos novos), luvas de látex, sacos plásticos pretos e outros utensílios de utilização suspeita. E fraldas! Lisa usou fraldas (como as que os astronautas usam durante a parte dos voos espaciais em que não podem usar o WC) para poder conduzir non-stop.

Duas notas.
A primeira é para os contornos fabulosos desta história: bizarre love triangle in outer space.
Temos aqui uma pessoa altamente treinada, que passou nos mais rigorosos testes psicológicos alguma vez feitos, preparada para resistir a todo o tipo de pressões (a Nasa prepara missões tripuladas a Marte com duração superior a dois anos). Tem todo o perfil de um herói dos tempos modernos, e desempenha o seu papel de modelo exemplar visitando escolas e falando para os jovens.
Mas, lá está. Os alçapões da alma são poderosos, e todos, mesmo os mais fortes, estatelamo-nos nas nossas fragilidades assim que o destino nos dá essa oportunidade. E o desvario amoroso é, como se sabe, o maior dos abismos.
A outra nota é mais pessoal. Ao procurar pormenores sobre a notícia constatei que todos os protagonistas são sensivelmente da minha idade, alguns um pouco mais novos. É perturbante. Cheguei àquela fase da vida em que os meus heróis da infância já são mais novos que eu (e isto para já não dizer nada acerca do facto de usarem fraldas…) Primeiro a notícia de que o Pai Natal não existe. Depois são os Super-Heróis. Agora os próprios astronautas?!?!?