?

Log in

No account? Create an account

(no subject)
rosas
innersmile
FADO DA METADE

Se do que tenho, a metade
Do que me dás, é o meio
De ti, só tenho a saudade
O vento vazio da tarde
O livro em branco que leio

Inteira é minha a lembrança
Das muitas noites que tive
Mas da folia da dança
Não resta ténue esperança
No pouco que sobrevive

Tu dás-me pouco, e receio
Que da tua mão aberta
Escorra por entre o veio
Da metade, só o meio
Que entre os dedos se liberta
Tags: