?

Log in

No account? Create an account

memória
rosas
innersmile
Talvez fosse um comboio. Talvez um comboio que atravessasse a noite e um país estrangeiro. Talvez fosse já a luz frágil da madrugada que chegasse pelos vidros cobertos de gotas riscadas de chuva.
Talvez fosse o compartimento de um comboio. Talvez a mãe e o irmão mais velho. Talvez, à luz frágil e coada da madrugada, vestisse um pijama branco, de colarinho redondo. Talvez de flanela.
Talvez brincasse com um comboio ou um carrinho. Talvez o irmão dissesse qualquer coisa e os dois, a mãe e o irmão, sorrissem. Talvez ele próprio sorrisse.

Chovia. Um comboio atravessava a noite e um país estrangeiro. Brincava com um comboio ou um carrinho. A mãe e o irmão sorriam.

diário de campanha
rosas
innersmile
Declaração de Voto:

1º votar contra o Santana é um imperativo patriótico, porque o Santana é um louco irresponsável e imaturo, que acha que o país se governa da mesma forma como ele governa lá na facção partidária dele, ou seja, sem ser preciso ter valores, princípios, lealdades ou visão, bastando ter estratégia e sentido assassino.

2º votar PS porque há no PS mais sentido dos valores e dos princípios fundamentais; é, apesar de tudo, um partido com mais lastro ideológico, e com maior referencial a valores e princípios que eu defendo e partilho. Isto não significa que eu seja um eleitor do PS, já houve muitas ocasiões em que não votei PS (se calhar mais até do que aquelas em que votei), mas este é um daqueles momentos em que não estou zangado com o PS (como já houve outras ocasiões em que estive) e por outro lado acho que é um momento muito importante e por isso devo apoiar o partido que, apesar de tudo, me parece estar em melhores condições para governar Portugal.

3º votar PS porque apesar de não confiar no seu actual líder, acho que o partido pode tomar conta dele e do seu eventual excesso de tecnocratismo e um certo 'utilitarismo' que não se confunde com pragmatismo.

4º votar no PS porque apesar de não confiar muito na competência e preparação do actual líder para ser primeiro-ministro, não acho que ele seja um louco irresponsável e imaturo como é o Santana.

v
rosas
innersmile
Para a Val, com um enorme beijo e votos de felicidades, deixo aqui um soneto de Camões.

Com o tempo o prado seco reverdece,
Com o tempo cai a folha ao bosque umbroso,
Com o tempo para o rio caudaloso,
Com o tempo o campo pobre se enriquece,

Com o tempo um louro morre, outro floresce,
Com o tempo um é sereno, outro invernoso,
Com o tempo foge o mal duro e penoso,
Com o tempo torna o bem já quando esquece,

Com o tempo faz mudança a sorte avara,
Com o tempo se aniquila um grande estado,
Com o tempo torna a ser mais eminente.

Com o tempo tudo anda, e tudo pára,
Mas só aquele tempo que é passado
Com o tempo se não faz tempo presente.