September 15th, 2004

rosas

start spreading the news

Li no jornal de ontem que morreu, no Sábado, o Fred Ebb, letrista e libretista que escreveu, juntamente com o compositor John Kander, onze musicais, e dezenas de algumas das mais clássicas e bonitas canções do songbook americano, sobretudo do que está ligado aos shows da Broadway.
Os dois musicais mais conhecidos são Cabaret e Chicago. O primeiro estreou pela primeira vez na Broadway em 1966, foi adaptado ao cinema por Bob Fosse em 1972, e conheceu mais duas produções como musical, em 1987 e 1988. Quanto a Chicago, estreou em 1975, foi produzido de novo em 1996 (ainda em cena), e Rob Marshal fez a oscarizada (tal como já havia acontecido com o filme de Fosse para Cabaret) versão para cinema, há dois ou três anos.
Além disso, Ebb e Kander foram autores de algumas das canções para o filme de Martin Scorsese, New York New York, nomeadamente a canção título, que se tornou num clássico, sobretudo com a versão de Frank Sinatra, de 1980.
Fred Ebb (juntamente com Kander, claro, a dupla era firme e imbatível) faz parte daquele que é, para mim, o núcleo mítico do musical de matriz da Broadway, e que tem o seu epicentro no realizador e coreógrafo Bob Fosse, e no conjunto de actrizes que participaram nos seus musicais e filmes, como a Gwen Verdon, a Chiquita Rivero ou, claro, a lendária Liza Minnelli, que hoje vive, de rigueur, a fase decadente do mito. Ebb foi um dos ‘patronos’ da carreira de Minnelli, escrevendo não apenas algumas das suas canções mais famosas, como também alguns dos seus shows mais populares, como o Liza With a Z.