?

Log in

No account? Create an account

feast for the eyes
rosas
innersmile
Eu acho que esta mania agora de os nadadores usarem desde calções até ao joelho, passando por calças compridas, tops, até àquele fato 'thorpiano' tipo escafandro (ok, parece um tubarão, so what? se eu quisesse ver tubarões virava para o national geographic), empobreceu esteticamente a natação. Que saudades do tempo dos 'speedos on parade'...

notícias de pequenópolis xiv
rosas
innersmile
Os habitantes de Pequenópolis passam as tardes de Domingo nos seus pequenos jardins, deitados à sombra dos bonsais.

__
Com a colaboração da Sónia.

feast for the eyes - edit
rosas
innersmile
Afinal estive a ver a final de saltos para água pares masculinos (não se chama pares, mas sim mergulho sincronizado, ou talvez saltos sincronizados, enfim) trampolim 3 metros, e o meu 'speedometro' subiu tanto que explodiu e rebentou a escala. Acho que era a Belinda Carlisle que dizia que «heaven is a place on earth» - engano, claro, 'heaven is a place on the diving board'!

A competição foi muito emocionante. Primeiro porque foi muito renhido. Depois porque no último salto, quando os chineses levavam uma vantagem que lhes poderia dar a vitória, falharam o último salto, um dos tipos 'blackoutou' totalmente a meio do salto e caiu de costas, levando 0 pontos, a pontuação para salto falhado. A seguir vêem os russos, com o velhinho e campeoníssimo Dmitri Sautin, todas as hipóteses de chegar ao ouro com os chineses fora da competição e o Sautin estraga o salto. Não levaram 0 mas foram lá para o fundo da fila. Finalmente os americanos (dois irmãos), caminho livre e, tcharam, falham o salto. Conclusão: os três pares favoritos nos três últimos lugares da tabela. Ouro para os gregos (e meu deus, como eles mereciam todo o ouro do mundo), vencedores inesperados, mas com muito mérito. Já anteontem, na plataforma, os gregos também estiveram muito bem (sim, em todos os sentidos). Prata para Alemanha e Bronze para Austrália.

Os saltos para água são uma das minhas modalidades preferidas, sobretudo por causa do Greg Louganis. Eu já era fã dele desde Los Angeles, mas aquele episódio de Seul, quando ele bateu com a cabeça na prancha e regressou à piscina para vencer o concurso, tornou-me um die-hard fã.