?

Log in

No account? Create an account

eram mais de cem
rosas
innersmile
Em 25.12.2001 escrevi aqui (sim, o innersmile é assim tão antigo) que a noite de natal tinha sido passada a ouvir dois cd’s de fado, um da Mafalda Arnaulth e o Pela Noite Dentro, do Camané. E, para ‘ilustrar’, pus um trecho de uma canção do José Mário Branco, que o Camané cantava.

No seu disco recente, Resistir É Vencer, JMB recupera o tema de que aquele trecho faz parte, Sem Deus Nem Senhor, para abrir o álbum com um arranjo que, ao mesmo tempo que faz a ponte para o disco A Noite, de 1985, define logo o programa deste cd, dando-lhe fôlego, alcance e profundidade. É um tema longo, que dura mais de oito minutos, e que arranca com um arranjo sinfónico que demonstra, se tal fosse preciso, que JMB é um arranjador raro e genial. Depois, quando entra no tema melódico da canção, o arranjo simplifica-se, mas nem por isso perde beleza ou respiração. A viola dedilhada como que ‘resgata’ o tema da sua utopia orquestral, e devolve-o à simplicidade da canção. À espera, naturalmente, da voz do cantor que lhe vai dar o sopro da palavra.

Logo à noite, no Coliseu de Lisboa, vou, espero eu, assistir ao concerto de apresentação deste disco. Estou ansioso como só raramente fico quando vou assistir a um concerto. Ansioso porque ir ver um concerto do JMB é sempre um compromisso, uma atenção, uma experiência artística e cultural. Ansioso porque pela primeira vez vou ver o JMB no Coliseu, e, também estreia, lá do céu das galerias. Ansioso também pela preciosidade da companhia, por ir partilhar a fruição do concerto com um dos meus melhores amigos.

Deste vez, claro, fica aqui o texto integral da canção.

A luz é tão cega
Que nunca se entrega
Só se deixa ver
Numa razão de ser
Sem sequer entender
Os olhos que a vão receber

E o rasto que fica
É uma coisa antiga
Que a gente tem pr'a dar
E só pode encontrar
Quando morrer a procurar

Salvo pelo amor
Só se pode ser salvo pelo amor
No sentido perdido ganhador

Não tem Deus nem Senhor
Esta dor
Anda à solta por aí
Que eu bem a vi
Ai, se eu pudesse parar
Se eu vos pudesse contar

Salvo pelo amor
Não existe derrota para a dor
Com o seu capital triturador

Não tem Deus nem Senhor
É simplesmente dor
Que é o que faz questão de ser
Sem entender
Que a vida toda surgiu
De um sol que nunca se viu

Nem sei se existe
Tags:

(no subject)
rosas
innersmile
Aquele militante de esquerda era tão melómano que queria ser lider da classe operática só para poder ter uma frisa em São Carlos.
Tags: