?

Log in

No account? Create an account

sing when you're winning
rosas
innersmile
Vale a pena dizer duas coisas sobre o concerto do Robbie Williams ontem no Pavilhão Atlântico.
A primeiro é que o tipo é um palhaço, em todos os sentidos da palavra: os bons, os maus, e até os mais literais! Não há nada que ele não faça para agradar ao público, e até o tom de auto-ironia é assim uma espécie de 'com a verdade me enganas', e faz ela própria parte do acto!
A segunda é que raras vezes tinha assistido a um tipo, sobretudo como o RW cujo espectáculo é uma máquina de produção bem montada e infalível, ser tão apanhado de surpresa pelo público. O tipo foi completamente surpreendido, e isso notava-se. Foi, no meio de tanto artifício, uma nota muito genuína e até comovente.
Tags: