August 20th, 2003

rosas

when it rains, it pours

No dia 29 de Julho, fiz uma encomenda de dois dvds na Amazon inglesa. No dia 12, como já tinham passado os prazos de entrega sem a encomenda chegar, mandei um mail a protestar, e, nesse dia ou no dia seguinte, eles reenviaram a encomenda sem custos adicionais. Na segunda-feira tinha no correio um aviso para levantar uma encomenda e quando fui ao correio, tinha lá à minha espera as duas encomendas que fiz!
Quer dizer, estou um bocado envergonhado, não é? Já é a segunda vez que isto acontece, qualquer dia os tipos da Amazon acham que eu tenho um negócio à custa deles. De quem é a culpa? Dos correios ingleses ou dos portugueses? Sim, porque não faz sentido que seja da Amazon, já que eles mandam a segunda encomenda sem custos.
Agora, tenho ali dois dvds para a troca. E se o dvd com o filme Cabaret não é difícil de despachar, já com o do filme sobre o Quentin Crisp a coisa parece mais complicada. Afinal de contas, quem é que pode estar interessado num filme sobre um homossexual inglês efeminado, que se considerava a si próprio o "england's stately homo", e que achava que a única profissão que era capaz de desempenhar satisfatoriamente era ser ele próprio?!

Ontem à noite, estive a ver os extras que acompanham a edição especial 30º aniversário do Cabaret. A edição está óptima, mesmo a pensar nos fãs do filme e de Bob Fosse. O filme, de que fui espreitando uns bocadinhos, mantém-se extraordinariamente actual, não envelheceu nem um bocadinho, e a qualidade a cópia e da edição ajudam a criar essa ilusão de que se trata de um filme recente. Um filme fulgurante, daqueles que se vê logo que são especiais, há ali qualquer coisa que os torna diferentes. Muito, muito mais do que um musical.