?

Log in

No account? Create an account

agora entras-me na pele
rosas
innersmile
Agora entras-me na pele
como se o meu corpo fosse a tua casa
Entras-me cada dia, cada hora
Habitas-me as pálpebras cerradas
Deitas-me no teu leito azul turquesa
que espraia as margens de uma fotografia

Agora sou teu
da mesma forma obstinada como um
pássaro perdido é do seu ninho original
Tomas-me o todo
o interior e o exterior
Os sonhos mais insuspeitos
e a pele do girassol, sedenta superfície

Deixo-te, sem te abandonar
E debruço-me como uma varanda
Voltada para ti.
Tags: