?

Log in

No account? Create an account

a canção de petronila
rosas
innersmile
Petrificado fico quando vejo
à luz branca que tomba na calçada
a dama cuja voz sopra num beijo
segredos que eu roubo à noite amada.

Petrificado paro, e já suspenso
quando assomo a esta rua pela esquina,
e chega-me ao ouvido como incenso
na voz de uma mulher, o sonho da menina.

Petrificado estanco, mas tropeço
e atravesso-me de borco nesse som
e com medo de dormir, à noite peço
uma voz que me embale um sonho bom.

E a noite que por Lisboa sibila
traz-me quente a canção de Petronila.
Tags: