July 9th, 2002

rosas

escuta

Escuta
a partir de hoje abandono-te para sempre
ao silêncio de quem escreve versos
em Portugal
tens trinta e sete anos como Rimbaud
talvez seja tempo de começares a morrer


(encontrei este poema escrito a tinta verde num pedaço de papel amarelo. Se for de alguém, entrega-se a quem provar pertencer-lhe)