?

Log in

No account? Create an account

Guerra das Estrelas - Episódio II
rosas
innersmile
O prazer maior de ver Guerra das Estrelas - Episódio II é como o de telefonar aos primos que não vemos há séculos, saber notícias de amigos que foram viver para longe há muito tempo. Acompanhar as personagens, o desenvolvimento da história, ver as novidades no auto-show das naves espaciais. Ou, por outro lado, acompanhar o prodigioso trabalho de imaginação de Lucas - o argumentista na construção de um universo de referências e cruzamentos, tendo por fundo uma visão o mundo simples e aparentemente maniqueista: os bons de um lado e os maus do outro (a coming of age de Anakin Skywalker não contradiz esta dualidade: só nos diz que os campos não são estanques). Infelizmente, menos interessantes são os dois aspectos que, à partida (e nos episódios iniciais) eram os mais entusiasmantes: a narrativa, e o modo a técnica e os efeitos especiais eram criados para acompanhar essa narrativa. A verdade é que achei o filme um bocadinho aborrecido...
(detalhe aparentemente pouco importante, mas de grande significado simbólico: o sabre de luz do Master Yoda é ...verde!)

Ás quartas-feiras, por volta das 11 da noite (com repetição ao fim-de-semana, penso eu), na BBC-Prime, uma série com a qualidade dos documentários (e a riqueza dos respectivos arquivos) da estação: Rock Family Trees, que desenvolve, a partir de troncos mais ou menos comuns, as ligações e as relações entre os nomes importantes (e alguns menos importantes) da história do rock. Já vi 2 episódios: um à volta de Siouxie and the Banshes, John Lydon e os PIL e o Adam Ant, e outro em roda dos ELP e dos Yes. A não perder pelos entendidos aqui do Lj
Tags: