?

Log in

No account? Create an account

Peer Gynt
rosas
innersmile
O Amor é o sentimento que eleva o outro à condição de TU, de não-eu.
Apenas nos braços de Ase, a sua mãe, e nos de Solveig, a sua amada, Peer Gynt verdadeiramente existe.
No resto, voando sobre as montanhas montado numa rena, perdido entre os trolls (basta-te a ti próprio), comerciante de escravos, imperador das arábias, deitado na tenda de Anitra, louco num manicómio no Cairo, ou náufrago, Peer é apenas ele próprio: efabulador e fanfarrão, sonhador e mentiroso, destemido e egocêntrico.
Apenas ele próprio: a solidão que resta, depois de tirarmos todas as cascas, todas as capas, de uma cebola.
Tags: