?

Log in

No account? Create an account

faz como eu digo
rosas
innersmile
O que se segue, é um pedaço de um e-mail que mandei para a CR, que está em Timor. É óbvio que é sempre fácil de mais dar conselhos. Faz como eu digo, não faças como eu faço. Mas acredito muito naquilo que escrevi, e acho que, no essencial, tento viver dessa maneira. De modo que aqui fica o registo, mais não seja como reminder para mim próprio.

(...)desculpa não te ter escrito há mais tempo. Claro que tenho as desculpas do costume, mas não passam disso mesmo, de desculpas. Tenho acompanhado, no entanto, as notícias que mandas através dos teus mails colectivos, e espero que consigas encontrar, no meio de todas as confusões e conflitos, alguma tranquilidade e paz de espirito. Olha CR, a gente não tem de transformar toda a nossa vida em causas e bandeiras; às vezes, basta deixar as coisas seguirem o seu caminho, e aguardarmos com a serenidade possivel que o tempo das confusões passe. Em relação a esse episódio que se passou aí, o único ponto a teu favor, e que deves transformar num trunfo, é que essa situação é a prazo, ou seja, vai ter o seu fim, mais não seja no termo do ano lectivo. Se fosse uma coisa que tu tivesses de carregar para sempre, era mais insuportavel, assim podes-te agarrar ao facto de saberes, à partida, que isso vai ter um fim, vai acabar, e, por isso, só tens mesmo de ter paciência e manteres o teu espirito "limpinho" para que o tempo passe mais depressa. Vá lá, tem calma. Não te deixes aprisionar pelas coisas más, nem pelo mal que te queiram fazer. Sê superior a esse tipo de "merdas" (pardon my french, como dizem os ingleses...), não te deixes afectar. Era importante que
este tempo em Timor fosse, no futuro, uma boa recordação para ti. Tenta make the most of it(...)