miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

21 grams

Confesso que estava à espera de mais, desta primeira experiência americana de Alejandro González Iñarritu. Tinha ficado impressionado com o anterior filme do mexivano, o 'Amores Perros'. Não é que 21 Grams seja um mau filme, longe disso, é até um melodrama disfarçado de thriller que chega a ter momentos empolgantes. Mas definitivamente não prova que Iñarritu seja um realizador diferente, com qualquer coisa de diferente, ou 'a mais', para nos dar. E o que é pior é que este filme até se apresenta com pretensões a ser um filme profundo, com mensagem. Mas é uma coisa muito maneirista, com muitos tiques, com muito 'fazer de conta'. E depois já começa a fartar um pouco esta coisa das narrativas não lineares. Quer dizer, faz sentido quendo essa não linearidade serve a história, mas neste filme a história é perfeitamente 'straight forward' e, acho eu, o filme se calhar até ficava a ganhar se nos apresentasse a história como ela se desenvolve cronologicamente, em vez de se enrodilhar de uma maneira que a torna, pelo menos no princípio, um pouco incompreensível. Por seu lado, esta confusão dos tempos da narrativa e a montagem muito sincopada, rouba muito espaço às personagens, que não têm oportunidade de se desenvolverem e de se construirem do ponto de vista da sua psicologia, o que, tendo em atenção o tema do filme, é desastroso. A personagem de Sean Penn, então, nunca 'descola', de forma a que nunca chagamos bem a acreditar nela, nas suas motivações. Resulta muito melhor a personagem do Benicio Del Toro, o que se poderá dever à menor complexidade das motivações da personagem, mas também, de algum modo, ao registo um puco 'flat' que o actor utiliza. Destaque para a Naomi Watts que, de alguma forma, compõe a personagem mais verosímil do filme, apesar de ser da sua personagem uma das maiores fraquezas do filme: o facto desencadeante da vingança está muito forçado, metido ali à bruta, nada no desenvolvimento narrativo da personagem, e da acção, justifica muito bem aquele ataque de sede de vingança.
Gostei da música e da fotografia, que, por vezes, tinha uma qualidade quase pistórica que lhe dava muita densidade.
Tags: cinema
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 1 comment