?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry Share Next Entry
love actually
rosas
innersmile
Há agora este género de comédias românticas inglesas a que, à alta de melhor denominação, podemos chamar ‘comédias hughgrant’, dado que são todas, e se não são todas é como se fossem, protagonizadas pelo Hugh Grant. Aliás, do Hugh Grant pode-se dizer que se não é o rei da comédia, é pelo menos o primeiro-ministro! Estes filmes são basicamente todos iguais, repetem sempre a mesma fórmula, e repetem-na até à exaustão. Como este Love Actually, que é assim uma espécie de Grande Dicionário Ilustrado do Cinema Hughgrant, juntando no mesmo filme os elementos fundamentais de todos os filmes anteriores. Como se fosse uma síntese, que só não o é porque não é previsível que vá haver grandes alterações daqui para a frente. Bom, e então? E então, apesar de toda a previsibilidade, apesar das repetições, das mesmas situações e das mesmas piadas, a verdade é que o filme (tal como a generalidade das outras comédias hughgrant anteriores) é divertido, levezinho, tem piada, tem uma banda sonora que nos mantém sempre embalados (outro dos ingredientes clássicos deste cinema hughgrant), tem actores que é sempre um prazer ver nem que seja a declamar a lista telefónica (a Emma Thompson e o Alan Rickman, que gozo! E já agora a Laura Linney). E pronto, filme de natal por filme natal, antes mais uma comédia hughgrant do que uma coisa que caia mal.
Tags:


  • 1
pois... só mesmo a Lúcia Moniz é que... blargh!!

... a homenagem feita aos filmes de pátio portugueses com o esplendor máximo na irmã da moça :)

tb fui arrastado para esse novelo e até diria que está mais refinado que os anteriores. E sim, uma pessoa até fica com a ideia que foi levada a pensar numa ou outra coisa importante, mas tem tudo um ar de muito gasto.

e já foste ver o "finding Nemo???"

é que tá tão lindo........ ehehehe

tu bái bêr akilo obiwan :D

por acaso ainda esta semana aluguei o "about a boy" (musica do badly drawn boy) e foi exactamente o que tu descreves, é um snack muito light.

Oquei, já que falou neles, me manifesto:

- adoro este filme! Assim, de chorar no final. Por tudo que você falou acima: estáa bem redondinho e bem feitinho! (Não gosto tanto da participação do Rodrigo Santoro, mas vá lá... se não melhora, não estraga.)

- sob determinados ângulos, e especialmente pela boca, te acho um bocadinho parecido com o Alan Rickman!

a propósito de comédias hughgrant, eu gosto do 4 weddings and a funeral. da próxima vez que estivermos juntos, revemos este filme?

parecido com o AR? sério?

Eu gosto da 4W, da About a Boy, desta... O rapaz destrambelhou a lançar uma atrás da outra, como você escreveu. Gosto de todos! :-) Vemos sim.

AR: alguns ângulos. Boca. Quando sérios, vocês dois. Pergunte à Ana Vaz de Caminha ou outros. Hão de ratificar.

  • 1