miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

cordeiro

Um cordeiro entrega-se ao sacrifício com mansidão. Há um ano. Se fosse outro, como seria? Guincharia como um porco na hora da matança? Rebelar-se-ia? Explodiria em revolta? Lutaria determinadamente para se manter à tona de água? Este, não. Aceita manso e conformado o seu destino. Chegará um dia em que o sacrifício será a vida toda do cordeiro. Aos poucos desfazer-se-á em poeira a memória de outra vida que não a do sacrifício. É assim que os cordeiros se entregam à vida mansamente, aceitando o sacrifício como um destino.
Tags: caro diario
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 0 comments