miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

notícias

morreste, foste embora
trocou-se uma ausência
por outra

os dias lá foram andando
a vida vivida como
uma doença incurável

lembro-me de ti
vez em quando
uma hora por outra

mas vejo-te ao longe
como se o teu silêncio
fosse indolor

uma leve perturbação
incómoda e aguda:
não tenho notícias
não sei nada de ti
Tags: poemas
Subscribe

  • agosto

    Estive mais uma vez internado no hospital, desta vez para tirar o rim direito. Ou seja, neste momento não tenho rins nem bexiga, e comecei a fazer…

  • I wanted to dance

    Há já algum tempo cruzei-me com um poema de Allen Ginsberg de que gostei muito, e que me ficou na memória. Há uns dias, a propósito de uma leitura,…

  • melhor do que o silêncio

    Ontem à noite, quando me ia deitar, vi nas redes sociais a notícia da morte de João Gilberto. Vieram-me logo à ideia dois versos de uma canção do…

  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 5 comments