Previous Entry Share Next Entry
decisões inadiáveis
rosas
innersmile
Não sei se me apetece muito escrever sobre o assunto, mas vai chegar um dia em que vou procurar uma referência aqui no blog, e por isso, mais não seja para memória futura, é melhor deixar registo.

Nas últimas semanas tenho andado, mais uma vez, às voltas com a minha saúde. Fui de novo operado a recidiva de carcinoma urotelial, no passado dia 13 de março. Foi a quarta recidiva, o que, contando com a primeira intervenção em maio de 2012, e outra, em setembro de 2016, para fazer uma meatotomia, perfaz um total de seis intervenções cirúrgicas num período de tempo inferior a seis anos.

Desta vez, as lesões não só tinham uma localização diferente das anteriores, como tinham características morfológicas diferentes. Ainda não percebi se isso é só mau, se é muito mau, ou se não é nem uma coisa nem outra. Seja como for, vou ter de fazer um tratamento, que durará cerca de um ano, e se deve iniciar nas próximas semanas. Tanto quanto sei, e apesar de ter alguns efeitos secundários, este tratamento não é tão agressivo nem provoca tantos “danos colaterais” como a quimioterapia sistémica.

Há outras questões relacionadas com este problema e com o tratamento e o controlo e vigilância que vai ser necessário fazer, que ainda estão em curso, e que implicam decisões importantes, que são difíceis de tomar mas penso que inadiáveis.

Mas pelo menos acho que consegui resolver, ou pelo menos encontrar uma solução para o meu problema de mobilidade, e que me possibilita continuar a viver num apartamento que fica num terceiro andar num prédio sem elevador. Não só, para mim, para a minha disposição anímica, era muito difícil o processo de ter de mudar de casa, como ainda por cima eu gosto muito da minha casa, que tem muita luz, apesar de ser fria no inverno e quente no verão, talvez por ficar no último andar.

  • 1
Feliz que tenhas conseguido ao menos essa solução que te permite continuares em teu lar. Um beijo grande.

Continuação de melhoras. Bjinho grande

Muito obrigado. Beijinho

pois, essa escadaria do bom jesus de braga :p
ainda bem que, pelo menos isso, conseguiste.
o resto, terás de o fazer, senão, enfim... :/
as melhoras.

parte dessas decisões já estão tomadas. vou fazer tratamento aqui na "minha casa"

estou ansioso para ter o problema da escada resolvido. agora que é só uma questão de tempo, de semanas, parece que ainda me custa mais subir :)

e depois é só carregar no botão e 'beam me up, scotty!' :D

To boldly go where no man has gone before! :D

last floor the final frontier. these are the voyages of Miguel :D

  • 1
?

Log in

No account? Create an account