?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry Share Next Entry
acta est fabula: epílogo
rosas
innersmile


Eugénio Lisboa acrescenta um pungente e doloroso epílogo às suas memórias, dedicado inteiramente à evocação de Maria Antonieta, sua mulher e companheira de sessenta anos, e em especial às circunstâncias da sua doença e morte.

O volume compreende um texto memorialístico e páginas do diário do autor, e constitui um poderoso relato sobre o luto, dos mais impressionantes que conheço.

O livro de EL é particularmente marcante para quem viveu processos de luto assim devastadores, perturbadores da vida de quem os viveu, ao ponto de a pôr em causa.

E ombreia com outros livros igualmente marcantes e dolorosos que li, como The Year of Magical Thinking, de Joan Didion, ou o livro de Rosa Montero A Ridícula Ideia de Não Voltar a Ver-te. Em português, assim tão forte apenas me recordo de Fernanda, de Ernesto Sampaio, que li há muitos anos.