miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

FLOR DA ROSA

flor da rosa

A secura rente da planície
O sol que se agiganta sem clemência
O casario espalhado à superfície
As muralhas vigilantes de uma ausência

A história disfarçada em fantasia
As lendas que adormecem nos terraços
A noite que implacável mata o dia
E a memória obsidiante dos teus braços
Tags: poemas
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 0 comments