Previous Entry Share Next Entry
dias especiais e noites mágicas
rosas
innersmile
A noite passada, faltavam poucos minutos para a meia-noite, estava eu a ler e a preparar-me para dormir, senti a minha cama tremer três vezes. Ao mesmo tempo o gato, que espera no tapete que eu apague a luz para se vir deitar na minha almofada, deu um salto e foi parar a meio do quarto, a olhar muito fixamente para a porta. Eu fiquei à escuta, a tentar perceber se ele tinha ouvido algum barulho. Ainda pensei que pudesse ter sido ele, com o salto, que tinha feito a cama abanar, mas, claro, isso era impossível. Passou-me pela cabeça a possibilidade de ter sido um terramoto, mas achei a ideia absurda e fiquei mais atento à possibilidade de ter havido algum ruído que tivesse feito o gato saltar.

Hoje de manhã tive de ir trabalhar, e ouvi comentar que, às 23:47 horas de ontem tinha havido um sismo de magnitude 3,5 na escala de Richter com epicentro a cerca de 20 quilómetros ao largo da Figueira da Foz. Confirmei a notícia nas edições on-line de alguns jornais, onde também era referido que de acordo com o IPMA não havia registos de que o sismo tenha sido sentido, apesar de haver comentários nas redes sociais de pessoas a referir o contrário.

Ainda um pouco incrédulo, acho que foi a primeira vez que senti um terramoto em Coimbra, e na minha casa. Já tinha sentido um, com mais intensidade, aqui há uns anos, quando estava a almoçar na Cidade Antiga de Guatemala e de repente foi como se um camião pesado e veloz tivesse passado na rua, e até os candeeiros ficaram a oscilar. Se tivesse sido só eu a sentir a cama a tremer, teria achado que tinha sido impressão minha e não pensava mais no assunto. Mas a reacção do gato foi espectacular, e ele ficou ainda uns largos minutos, primeiro de pé, muito atento, depois aninhado no chão no meio do quarto.

Há cinco anos, nesta mesma noite de cinco para seis de maio, houve uma lua cheia poderosa, daquelas a que os jornais se referiram como a maior lua do ano. Eu estava na net, já no princípio da madrugada, quando apanhei o meu irmão online, e aproveitei para lhe dar os parabéns, porque ele faz anos a seis, e lá no país onde ele está, já tinha sido a meia-noite há algum tempo. Ele disse-me que a mulher do meu sobrinho já estava no hospital para dar à luz. Passado pouco tempo, ligou-me a dizer que o meu sobrinho lhe tinha telefonado a dizer que lhe tinha nascido uma neta.

Mal sabia eu nessa noite, que me iria apaixonar tanto pela minha sobrinha-neta, e que ela se tornaria uma das coisas mais importantes da minha vida. Mudou tanta coisa nestes cinco anos. A maior parte dessas mudanças foram tristes ou mesmo más, mas também aconteceram coisas muito boas, e a melhor de todas foi a vinda dos meus sobrinhos netos, a minha baby, que fez hoje cinco anos, e o meu baby pequenino, que tem um ano. Essa noite de há cinco anos foi tão importante, e viria a mudar tanto a minha vida, que acho que a Terra, a noite passada, quis juntar-se às comemorações.

  • 1
:) parabéns e bonita a associação da Terra. festejou contigo. afortunado.
bjs e festas ao juju saltitão. pobrezinho, deve ter ficado mesmo assustado.

O gato vem com sismógrafo incorporado :-)

Aqui por Lisboa não sentimos nada; eu, pelo menos, não senti.

Parabéns pelo novo rebento na família. :)

Acho que só o gato é que sentiu :-)

  • 1
?

Log in

No account? Create an account