?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry Share Next Entry
tenho cinco minutos para contar uma história
rosas
innersmile


Este volume reúne crónicas radiofónicas lidas aos microfones aos domingos de manhã, em 1977 e 1978. Através delas chega-nos o ar do tempo, o rumor dos dias, desses dias já longínquos em que se tinham passado apenas três ou quatro anos desde o 25 de abril.

Mas chega-nos sobretudo o olhar e as palavras de Assis Pacheco, o cronista, a sua bonomia e o seu bom-humor, uma particular atenção ao que é simples e pequeno, ao anónimo e insignificante. Muitas crónicas têm por objecto a infância e juventude do autor, passadas em Coimbra, e nunca a cidade e as suas gentes são tão belas e fascinantes como nestes textos.

E chega-nos sobretudo a escrita de Assis Pacheco, rica, elegante, viva e criativa, irreverente e livre, e sempre perfeita como um mecanismo de relógio. De cada vez que leio um livro do Fernando Assis Pacheco, e então neste registo da crónica isso para mim é muito evidente, fico com a convicção de que, apesar de eu gostar de muitos escritores, se houvesse um que eu gostaria de escrever como, era ele.
Tags: ,

  • 1

Francisco um deus caido do olimpo

(Anonymous)
Obrigado pela dica :)

RE: Francisco um deus caido do olimpo

Ora essa Francisco. Espero que gostes.
(Frozen) (Parent) (Thread)

  • 1