Previous Entry Share Next Entry
15
rosas
innersmile
O innersmile faz hoje 15 anos.

Parece-me que haveria todas as razões para acabar com ele. Por um lado, porque há cada vez menos gente a lê-lo, como se vê quer pelas estatísticas quer pela desertidão das páginas de comentários. Não é que os comentários sejam como os likes do facebook, uma medida da popularidade e do sucesso da nossa existência virtual. Mas são o sinal de que aquilo que se escreve de alguma maneira atinge os outros, chega lá, ressoa, ainda que ao longe.

Outra razão para acabar com ele é porque por vezes atravesso fases em que tenho uma enorme preguiça de escrever aqui, e isso não me incomoda nem um bocadinho. Realmente escrever é um hábito, uma rotina, um exercício de treinamento, e quando se passam três ou quatro dias sem escrever parece que a mão se começa a esquecer de como é ou da falta que a escrita lhe faz.

Mas esta escrita quase diária continua a ser o meu caderno preferido (ainda há moleskines, ou também já passaram de moda, como os blogs?) e ainda que tenha demorado muitos anos a consegui-lo, nos últimos tempos tem sido não apenas a minha janela para o mundo, mas também a porta por onde o mundo me entra pela vida dentro.

E se houve uma coisa que o innersmile me ensinou nestes quinze anos foi a não ter angústias em relação ao seu futuro. Por vezes, deixar-se estar ainda é a mais prazerosa forma de existência. Pode parecer pouco, mas é muito, e por vezes até é tudo o que temos.

  • 1
Muitos parabéns pelo teu espaço que já tem 15 anos. Eu entendo o que dizias, o meu faz 10 antes do final do ano e estou seriamente a pensar fechá-lo, ou criar outro sem ninguém saber da sua existência.

Mas é bom partilhar, é bom receber um retorno do que escrevemos seja com um comentário ou não.

Abraço

é verdade. mas o que eu acho é que aqueles que persistem é porque gostam verdadeiramente de escrever e partilhar, e para quem os likes ou os comentários, embora sabendo bem, não são o essencial.
obrigado pelo comentário e pela partilha.abraço

Caro amigo Miguel
Parabéns ao autor deste blog. Eu visito o blog diariamente.
Acrescentou algo à minha vida, através dele tive a sorte de te conhecer e isso foi para mim um privilégio. Há pessoas assim, acrescentam-nos. És um comunicador excepcional. Um beijinho. Lídia

Muito obrigado, Lídia. Pelo carinho, pela companhia, pela amizade. Conhecer-te, e a profundidade e a franqueza da nossa amizade, é um dos privilégios que a internet me proporcionou.

Você é mesmo um comunicador excepcional. Sou fã desde o primeiro post! Parabéns, parabéns, parabéns. E feliz aniversário, amor!

e tu és uma pessoa excepcional.

O teu blog além de ser um resistente é um blog excelente. Não falho uma leitura.
Mas percebo-te muito bem. Eu também acabei com o meu e custou-me muito.
A blogosfera deu-me muito, principalmente grandes Amigos, um dos quais és tu, Miguel.
Infelizmente, a blogosfera morreu...

Se calhar a blogosfera nunca existiu. Durante uns anos foi uma espécie de rede social, que, assim que as pessoas arranjaram outra que dá menos trabalho, foi trocada.
E sem dúvida que os amigos são a melhor coisa que os blogs nos deram.

parabéns.
há muitos, muitos anos, os blogues e os sites como o sapo e o finado terravista, com os seus foruns, foram uma novidade. descobriram-se amizades, partilharam-se imensas coisas e, no meu caso, aprendi muito. como neste teu blogue.
acho que és o único que ainda se mantém por cá, outros passaram a profissionais, foram para outras plataformas ou juntaram mais pessoas. o teu não, permaneceu um blogue pessoal, com tanto que de ti encerra. és um resistente. e se te dá prazer, apesar dos altos e baixos da blogo, continua, que por cá continuo a ler-te :)

é mesmo só isso, Margarida: dá-me prazer, e é só isso que alimenta o blog. devolveu-me o prazer da escrita, deu-me amigos, muitos, uns que passaram outros que ficaram, alguns são amigos muito importantes para mim (mesmo contando que alguns desses foram dos que passaram), deu-me ter livros publicados. enfim, faz parte da minha vida, e uma parte importante, nos últimos 15 anos :)


Pois fica a saber que eu só cá venho ao LJ para te ler e saber de ti. :)

(15 anos??? Xinapá!!!)

é verdade, andamos nisto de sermos amigos há muito tempo :)

Estou certa que encontrarás outras tantas razões para não acabar com ele :) Eu só venho ao livejournal de vez em quando, mas passo sempre por aqui.

Um brinde aos próximos 15!

acho que só há uma razão para não acabar com ele, e é a que conta :)

exemplo de persistência ... e de qualidade. parabéns
luis galego


persistência ou teimosia eheh

O inner é também uma varanda, onde nos encontramos as vezes que nos apetecer! Aqui está sempre quem te quer bem, quem se quer bem! Beijinhos, Miguel! Gosto tanto de vir até aqui!

Eu já passo muito tempo sem vir aqui, mas quando venho é sempre porque tenho saudades de te ler. Um abraço!

  • 1
?

Log in

No account? Create an account