Previous Entry Share Next Entry
pequenas criaturas
rosas
innersmile


Trinta contos, mais ou menos breves, a comprovar a excelência da prosa do autor. As aberturas são sempre fulgurantes (os desenlaces um pouco mais frágeis), a narrativa firme, segura e desenvolta, e Rubem Fonseca é mestre a escrever diálogos.

Os contos são pequenos exercícios sobre a natureza humana, suas pequenas grandezas e suas enormes misérias. Em alguns dos contos o enredo é pouco mais do que um pretexto para a escrita, mas, como grande escritor que é, Rubem Fonseca nunca é anedótico ou caricatural. As personagens, mesmo quando apenas entrevistas de perfil, sempre apresentam, ou deixam adivinhar, densidade psicológica.
Tags: ,

?

Log in

No account? Create an account