Previous Entry Share Next Entry
xadrez
rosas
innersmile


Tenho a vaga ideia de já ter aqui falado nestes dois livros: o ABC do Xadrez, e Fischer-Spassky, sobre o memorável encontro que marcou o campeonato do mundo da modalidade em 1972. Foram dos poucos livros que trouxe, agora, de casa dos meus pais. Arrumei-os na estante da sala, junto aos livros de poesia.

As dedicatórias assinalam, na prática, as datas da minha carreira de jogador de xadrez: entre o Natal de 1973 e o mês de julho de 1974. Neste último caso, assinala também as últimas férias que passei em Lourenço Marques antes do abandono para Portugal, em finais de 1976, e antes de regressar, a Maputo, em janeiro de 2003.

Ter estado quase vinte e nove anos sem ir à cidade onde nasci, e onde estive pela última vez com doze anos, não me impediu de, nesse regresso, ter dado indicações à minha amiga que nos levaram direitinhos à casa da minha avó, precisamente essa onde tinham sido escritas as palavras da dedicatória.

(Nampula, 1973 e Lourenço Marques, 1974)

  • 1

Curiosidade

(Anonymous)
É curioso, porque também em 1974 foi a minha última estada em Lourenço Marques, tendo eu nascido na Ilha de Moçambique. Ao contrário de si, não regressei.
Só as nossas idades diferem, pois em 1974 eu tinha 18 anos!
Manel

muito obrigado pelo comentário. eu vivia em Nampula, de onde parti para Portugal, em finais de outubro de 76, com 14 anos.
regressei em 2003, e, além de LM, fui a Nampula e à Ilha, onde costumava passar férias, em miúdo (voltei ainda em 2008, mas não saí do sul do país).
adorava, e adoro, a Ilha, é dos meus lugares preferidos do mundo!

  • 1
?

Log in

No account? Create an account