Previous Entry Share Next Entry
rita lee, autobiografia
rosas
innersmile


Excelente autobiografia da rainha do rock brasileiro. A primeira nota vai para o sentido de humor de Rita, que só não surpreende porque já era bem patente nas suas canções.

Depois, a franqueza com que Rita assume os passos menos floridos da sua vida e do seu percurso enquanto artista. Claro que este sentido de autocrítica é compensado pelo ego, mas isso também é natural, suponho mesmo que não se conseguirá ter uma carreira tão exposta como a de cantor se não se tiver um certo reforço de ego.

A estrutura do livro, feito de pequenos capítulos, misturando histórias pessoais e familiares com os episódios relacionados com a sua carreira, fazem da sua leitura um entusiasmo.

Finalmente, resulta muito bem o relato seguir um fio cronológico mas não o respeitar com demasiado rigor. Os avanços e os recuos no tempo dão ao livro agilidade e até um certo tom coloquial.

Numa época de óptimas biografias e autobiografias de estrelas do rock'n'roll, a Rita Lee estabelece um padrão, elevado, para os registos autobiográficos escritos em português.

?

Log in