Previous Entry Share Next Entry
vacinas
rosas
innersmile



Hoje apanhei a vacina contra a pneumonia. Há dois meses, tinha apanhado a da gripe. Foi a primeira vez que apanhei estas duas vacinas. Por indicação médica, porque passei a pertencer a vários grupos de risco:a idade, a profissão, os problemas recentes de saúde. Os médicos não querem que eu apanhe infecções, por causa da insuficiência renal.

Em 1971 e em 1976 (esta, a poucos dias do meu embarque para Portugal), apanhei a vacina antivariólica. A varíola fartou-se de matar gente ao longo da história da humanidade, e considera-se erradicada desde 1980. Creio até já nem faz parte dos programas de vacinação obrigatória. Mas é bom estar protegido, em caso de guerra biológica ou do degelo das regiões subpolares trazer novos surtos da doença.

Todas estas informações relativas à minha história imunitária constam do meu boletim individual de vacinas. Foi emitido em Nampula, Província de Moçambique, em 1972, mas recuperou todo o histórico, pelo que o registo mais antigo data de junho de 1962, tinha eu pouco mais de 4 meses, quando fui inoculado com três gotas da vacina antipoliomielítica.

(Nampula, 1972)

  • 1
o teu boletim de vacinas está tão bem estimado. o meu está todo desgraçado, embora ainda seja o de Viseu (quando regressámos, tivemos de fazer um novo, com a indicação das vacinas tomadas em Benguela).
basicamente, agora uso-o de 10 em 10 anos, de modo que já o usei no centro de saúde da margem sul, mas já passei por um de lisboa, quando morava na mouraria.

há anos, ainda tomei a vacina da gripe, porque trabalhava numa área de risco.


está muito bem conservado sim. também o uso raramente agora, mas a enfermeira quis registar as vacinas da gripe e da pneumonia.

  • 1
?

Log in

No account? Create an account