Previous Entry Share Next Entry
a louça
rosas
innersmile


"Fiquei pensativa o resto do dia, com um entusiasmo triste, como nos dias em que de repente nos acontece o que mais desejamos: um filho, um curso concluído com distinção ou um texto aprovado para publicação, não existindo com quem partilhar a satisfação de um «viste?!». A vitória dos solitários não tem testemunhas e torna a solidão mais só. Ninguém nos olha com orgulho. Ninguém os dirige uma palavra de apreço. Estamos sempre iguais na solidão, sempre os mesmos, e é por isso que ignoramos os sucessos e nos concentramos no telejornal, como se não houvesse louça para lavar na bancada. E depois lavamo-la. De manhã. Ou à tarde. Depois."

- Isabela Figueiredo, A GORDA (Caminho)

  • 1
Belo trecho daquela tristeza certeira em nós. Edu.

sem dúvida Edu. abraço

  • 1
?

Log in

No account? Create an account