Previous Entry Share Next Entry
ma femme chamada bicho
rosas
innersmile
Ma Femme Chamada Bicho na sessão desta semana do cineclube (mais dois documentários portugueses na programação deste mês). Data de 1976 e foi o primeiro filme de José Álvaro Morais, autor de um filme que eu amei verdadeiramente, Peixe-Lua. O tema do filme é o casal Vieira da Silva - Árpád Szenes, filmados em França, em particular no seu atelier, com aparições de, entre outros, Mário Cesariny, Agustina Bessa-Luís ou Sophia de Mello Breyner Andersen. Completam o filme imagens de Paris e de Lisboa.

Mais do que a pintura ou o valor da obra, aquilo que mais parece interessar o realizador é a escolha de Vieira da Silva e de Árpad, uma escolha radical de se consagrarem, a si próprios mais até que as suas vidas, um ao outro, sobretudo na pintura. É uma opção de vida, “eu só existo na medida em que existo para si e para o seu trabalho”, que é mais assumida em relação a Árpád Szenes, uma vez que o realizador não resiste a filmar Vieira da Silva essencialmente como objecto de fascínio.

Isso é patente não apenas no próprio título do filme, como especialmente no final, que encena de facto a pintora como tendo uma dimensão que ultrapassa a nossa condição de simples humanos.
Tags:

  • 1
Fui muito amigo do Zé Álvaro, covilhanense como eu e "outras coisas" como eu...

não fazia ideia que tinhas sido amigo deste realizador. já quanto às "outras coisas", ninguém me disse mas claro que eu sabia :)

  • 1
?

Log in

No account? Create an account