Previous Entry Share Next Entry
sonhos
rosas
innersmile
A noite passada sonhei com as minhas férias. Com as próximas. No início era tudo muito colado à realidade: eu saía de carro, de Coimbra, com destino ao sítio para onde conto mesmo ir no próximo fim de semana. Ia acompanhado, não me lembro com quem, mas por poucas pessoas, pois cabíamos todos num automóvel ligeiro, não sei se o meu. Quando já estávamos quase a chegar ao destino, que é relativamente perto de casa, uma hora e pouco de caminho, parei no que parecia ser uma área de serviço, mas que tinha um jardim, ou um parque, nas traseiras. Mesmo antes de chegar a esse sítio eu lembrei-me de que me tinha esquecido de trazer os livros que contava ler nas férias e que eram precisamente aqueles que eu conto levar comigo. Entretanto, um colega meu, por quem eu tenho um fraquinho, e que até aí eu nem sabia que ia connosco, quis ir visitar uma coisa qualquer que ficava também por ali, e para onde se entrava por uma escadaria que descia à esquerda do edifício, e pela qual ele tinha um interesse profissional. Eu fiquei um pouco contrariado, porque nessa altura só me apetecia voltar para trás para ir buscar os livros de que me tinha esquecido, mas como eu tenho de facto essa secreta predilecção pelo meu colega, não fui capaz de o contrariar. Nesse momento o tempo do sonho dilatou-se e já era quase de noite, tinham passado pelo menos duas horas, e as pessoas que tinham ido com o meu colega não havia maneira de regressarem. E eu sempre com a preocupação compulsiva dos livros esquecidos, uma vez que era cada vez mais difícil voltar atrás para os ir buscar, porque já estava a ficar tarde e também porque durante o tempo em que estivemos parados, aquele lugar ia ficando mais longe de casa e o regresso já era impraticável. Lembro-me de, lá pelo meio, ter pensado que não fazia mal, ia resolver o meu problema com o kindle, mas depois, claro, cheguei à conclusão de que também tinha deixado o kindle em casa e por isso o problema continuava a ser o esquecimento dos livros e o que é que eu ia fazer em relação ao problema da leitura durante as férias. Nesse momento, já havia um grupo de companheiros de viagem comigo, já estávamos junto a um autocarro que nos transportava, mas ainda faltava gente e por isso não podíamos partir. Tenho a impressão de que nesta fase os meus pais já estavam comigo.

Quando, horas depois de ter acordado, recordei o sonho, com todos estes pormenores, achei que sou mesmo um palerma, um tipo sem qualquer tipo de ambição ou desmesura: ninguém faz do esquecimento de livros para levar nas férias o tema de um sonho obsessivo. Mas depois, é claro, lembrei-me da minha própria teoria, de que nós não sonhamos com acontecimentos, em particular os da nossa vida, e apesar das peripécias mais ou menos absurdas que acontecem nos sonhos. Nós sonhamos, sim, com emoções; os sonhos são a forma do nosso subconsciente processar as nossas emoções, de as perceber e dar sentido, de as tentar integrar de forma o mais saudável possível na nossa estrutura psíquica, sobretudo aquelas muito elementares, comuns a todas as pessoas, e que marcam no essencial a nossa mais íntima relação com a vida e o mundo exterior. Visto a esta luz então o sonho faz todo o sentido.

  • 1
Ainda (no nosso tempo de vida) teremos um gravador de sonhos, para os rever. Ah, que supimpa será!

ah, não sei, essa possibilidade parece-me um pouco assustadora. acho que com os sonhos acontece o mesmo que com Las Vegas: what happens there, stays there :)

Mas não será pra ver em público (antes de editar, talvez)... tipo Google que copia as fotos do celular pra backup mas só posta se a gente deixar. :-)

Já tive sonhos em que acordava a meio da noite com uma paz interior bem interessante, muitos não tinham pés nem cabeça mas acima de tudo eu sentia-me bem quando nos sonhos e quando acordava.

a maior parte dos meus sonhos são sobre situações que me provocam ansiedade, por isso fico sempre mais descansado quando acordo :)

Meu caro, tenho a dizer-te que me preocupo contigo. No teu sonho estavas a matutar nos livros em vez da hipótese de ir com esse amigo e dar uns voltas??
Andas a ler demasiado, está na hora de deixares o papel e passar para a acção.
É esta a mensagem a reter!!
;)

ah, alguém que se preocupa comigo. e tens toda a razão, mesmo em sonhos havia coisas bem mais interessantes a fazer, ou seja mesmo a sonhar sou um palermita ;)

  • 1
?

Log in

No account? Create an account