Previous Entry Share Next Entry
a nogueira
rosas
innersmile


Fim de semana diferente da rotina habitual dos fins de semana. Não houve piscina (ok, houve na sexta-feira à noite), nem cinema, nem jantar de sábado à noite, poucas leituras. Não fui, ao contrário do resto da população da cidade, ao concerto do Zambujo na Sereia, nem ver as projecções na universidade.

Toda a tarde de sábado numa sardinhada, em casa de amigos, nos arredores de Coimbra, à sombra de uma nogueira enorme e frondosa. Tirei uma selfie com uma rola domesticada, que anda à solta da gaiola, a passear de ombro em ombro, de cabeça em cabeça. Mesmo ao ar livre não foge, gosta de voar para os ramos das árvores e ficar a olhar para o pessoal cá em baixo.

No domingo fui a Sintra almoçar com a minha tia e a minha prima. Foi bom. De certa maneira, foi um almoço de reconciliação, não tanto uns com os outros, porque não estávamos zangados, mas connosco próprios, com a ferida enorme que a morte da minha mãe abriu, com a dificuldade em lidarmos com um mundo onde ela não está. A minha tia fez um caril que estava divinal, e só isso já justificava a ida lá abaixo. Passámos a tarde a ouvir e a recordar fados. O fado é um lugar onde sempre nos encontramos, e onde só nos podemos encontrar bem.

  • 1
Que bom haver lugares assim, onde se pode respirar um pouco com aqueles de quem gostamos.
Um abraço.

muito obrigado. são lugares onde o coração se alimenta :)

Me pareceu supimpa, o teu fim-de-semana. E aprendi mais uma: "caril"... Por aqui vamos da possivelmente derivada "curry" mesmo. :-)

suponho que curry e caril tenham a mesma origem. eu gosto muito da palavra caril, tem cheiro de história (além do próprio cheiro a caril, intenso e exótico). e gosto de caril, que é um dos pratos de marca da minha família.

Óptimo fim-de-semana :-) é isto que é importante.
Uma rola domesticada... Desde que esteja solta, gosto.

muito engraçada, a rolinha, nunca tinha visto. nem do gato ou do cão tem medo, apesar de eles olharem para ela com aquele ar: és muito querida, e aposto que também deves ser saborosa :)

escreves sempre com uma leveza tão sublime, mesmo as coisas difíceis de pôr no "papel". pareceu-me um grande fim de semana :)

ah, muito obrigado. procuro sempre escrever de maneira leve, mas acho que muitas vezes não consigo :)

  • 1
?

Log in

No account? Create an account