Previous Entry Share Next Entry
o assassinato de margaret thatcher
rosas
innersmile


O Assassinato de Margaret Thatcher, da autoria de Hilary Mantel, é uma colectânea de contos em que o último, cujo título é auto-explicativo, dá nome à colecção. Todos os contos são excelentes, com narrativas que radicam no dia-a-dia, e nessa possibilidade de o quotidiano por vezes conseguir ser pior que a mais grotesca das ficções. Mantel tem um sentido de humor negro e ácido, e uma capacidade afiada como uma faca de cortar a direito até expor o lado mais sombrio do espírito humano. Divertidos e inteligentes, estes contos abrem o apetite para voos mais altos na bibliografia da autora.

  • 1
ainda não me aventurei nos dois anteriores...

o João deu-me o Wolf Hall em inglês. um daqueles livros de bolso supercompactos e volumosos, assusta um bocadinho.
confirma-me lá uma coisa: a Granta publicou um conto dela, não foi?

é verdade, granta 3-casa. dei 5* e sublinhei o seguinte texto na primeira página: "A minha mãe sempre me disse que substitutos era coisa que não havia. Tudo é intrinsecamente único e diferente de qualquer outra coisa. Tudo acontece apenas uma vez e a felicidade não se repete." olha, isto é tão bonito que vou citá-lo num post. Incrível as coisas que tu te lembras e me forças a reler :-)

ó pá, não sei o que fiz à minha Granta 4- África. deve estar algures no meio da confusão desarrumada que é a minha casa :/

Ando a precisar de ler um livro de contos...

gosto muito. de vez em quando preciso mesmo de ler um livro de contos :)

  • 1
?

Log in

No account? Create an account